16.5.06

Sangue em São Paulo

A Cruz e a Espada: Entre enfrentar os terroristas urbanos, caçar os traficantes, encontrar os bandidos que fizeram São Paulo se transformar numa Bagdá durante três dias, o governador do estado, Cláudio Lembo, preferiu negociar. Com os bandidos! O governador negou a ajuda da Força de Segurança, ignorou a oferta do Exército de botar a tropa nas ruas e, incrível, sucumbiu a pressão dos bandidos. Está em todos os jornais: o governo de São Paulo negociou com o líder dos bandidos o fim da onda de violência. Veja no Estadão e na Folha de São Paulo. Enquanto isso, os bandidos vão continuar armados e prontos para novos confrontos. E os policiais vão continuar ganhando baixos salários, enfrentando com armas menos sofisticadas e de menor calibre os bandidos nas ruas e tendo de morar em barracos na periferia numa relação muitas vezes promíscua com a bandidagem. Esse é um exemplo claro de como agem nossos governantes. Em vez de enfrentar o problema de frente, preferem sempre fazer acordos escusos e sempre com gente que pode se beneficar desses acertos que não interessam a maioria da população. Agora o pior, o pior mesmo, é que os bandidos querem eleger dois deputados federais em outubro. Não acreditam? Leiam aqui. Fontes: O Estado de São Paulo & Folha de São Paulo.

5 comentários:

DO disse...

A se confirmar que o governo NEGOCIOU com a bandidagem,melhor seria que pegasem o boné e se mandassem.
ABSURDO TOTAL,GIÁCOMO!!!

Ricardo Rayol disse...

Pois é, fizeram tudo isso para não pedirem água ao PT. Como se o (des)governo também não tivesse rabo preso com a situação. Espero que pelo menos identifiquem os candidatos e sejam alijados do processo político. Se bem que com o congresso que temos mais um não fará a menor diferença

junior o estagiário disse...

Esses dias tô meio assim beige ...
Primeiro a seleção brasileira que só dois jogam no Brasil ... e agora essa ajuda/não quero! Não entendi nada. "Oferecer" ajuda ... não é "obrigação" socorrer? E o Governador de São Paulo "não aceita" a ajudinha. Ué! Pode recusar é? Isso lembra a minha adolescência. As amigas saindo juntas pra ir ao cinema no domingo e uma oferecendo roupa emprestada pra outra.
- Não. Não precisa.
Que negócio de comadre! Parece reunião de Grêmio Estudantil. Bezos. Denis Rivera

Anne Pinto disse...

É um absurdo... precisa chegar a esse ponto?
Fiquei horrorizada com as imagens e a situação da metrópole, o pior é saber que eles "PCC" também tem direito de escolher quem comanda o país.

Tássia N. disse...

Olá, repórter!
São Paulo em caos pior que guerra no oriente dispensa comentários. Até mesmo porque está tudo muito bem reportado por aqui.

Mortes, gritos, negociação, trégua aparente e, por fim, partido para bandidos.

Basta acompanhar os noticiários nacionais e internacionais. Sem falar nos informais.

Quem não está confuso com tudo isso certamente não está bem informado, rs. Não é?

Pois bem... esqueço o caos e olho para as pipas. Dei o livro de presente para minha editora outro dia. Não tive tempo de ler, ainda. Mas isso aqui me deixou com água na boca.

Até o próximo post ou até mais uma pauta na rua, rs.