3.7.06

Os Covardes


(Agência EFE - Ronaldo leva um "chapéu" de Zidane.) De uma coisa não se pode acusar Cafú. Como um capitão que naufraga com o navio, Cafú desceu do avião, passou pelos jornalistas e teve a coragem de enfrentar as vaias. Os covardes - Parreira, inclusive!-, saíram pela porta dos fundos do aeroporto. Os outros covardes - Ronaldinho Gaúcho, Roberto Carlos, Ronaldo & cia, foram se esconder nos seus Castelos na Europa. Faltou futebol e faltou vergonha na cara. E hoje, Parreira reconheceu que havia racha na seleção. Os mais novos, Kaká a frente, queriam que saíssem os medalhões Roberto Carlos, Cafu e até Ronaldo. Pois eles forçaram a barra, se impuseram a um técnico medíocre que aceitou passivamente uma auto-imposição e...deixamos a Alemanha mais cedo. E Parreira ainda pensa em continuar no Comando da Seleção. O pior é que sai ele e pode vir Luxemburgo, outro que impõem jogadores que só fazem parte de uma panelinha que não envolve só amizade. É por isso que o futebol na Espanha está tão evoluído (embora as seleções nacionais não o sejam!) e o nosso tão medíocre. Informações extra-oficiais garantem que no intervalo do jogo contra a França, Parreira teria dito aos jogadores (Cafú e Roberto Carlos, principalmente!) que estava tudo bem e só precisavam fechar mais os espaços. Só isso. A gente tomando um banho de bola do Zidane & cia e o treinador não dá instruções, não toma coragem de mexer nos medalhões e o que se viu foi Roberto Carlos levantando as meais (ou procurando a máscara!) na hora em que Zidane cruza para Thierry Henry fazer o gol que nos tirou da Copa. Que covardia vergonhosa!

4 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Sim Cafu foi corajoso mesmo. Mas considerando que o Real Madrid tem o melhor elenco de estrelas e só faz firula e não ganha nada há 4 anos tenho minhas dúvidas quanto a qualidade do futebol espanhol (que inclusive é racista e voltou pra casa mais cedo ainda). Quanto a colocar luxemburgo no comando da selecinha vamos reviver as negociatas de 5/6 anos atrás....

Daniela Mann disse...

Venho compartilhar a minha solidariedade com para com a equipa brasileira, porque embora não seja a minha equipa, também a sinto minha pelos laços históricos que nos unem e muito honestamente, teria sido de grande valia presenciar uma final de dois paises irmãos!
Um grande abraço da Daniela

DO disse...

A se confirmar mesmo o que o incompetente e banana do boca murcha do Parreira falou no intervalo,seria o caso de interná-lo ,pois ou foi incompetente ou doido varrido,Giácomo.
Abraços!

Anne Pinto disse...

... fazer com que os “brasileiros com muito orgulho” torçam, se preocupem com a fama do nosso futebol e valorize a seleção “canarinho”?
... fazer com que o bloco VERDE & AMARELO vá para as ruas exibir com muito orgulho as cores da nação?
... fazer vir a lembrança da Copa perdida com a França, relembrar momentos de fúria, choro, desgaste... fazer com que o brasileiro abaixe a cabeça e pensar: foi comprada?
.... fazer com que o brasileiro tome vergonha na cara e dê valor ao craques de fora?
Não, apesar de tudo ainda somos VERDE & AMARELO, anda somos, pentacampeões (quem sabe um dia Hexa, se a preguiça não encostar nos nossos craques), ainda somos ... além de tudo brasileiros com muito orgulho.
... o que falta além de tudo é união na nossa Seleção!!! O jeito é se conformar.

Att, Anne Pinto.