19.2.07

Carnaval, ainda!

O Carnaval de Salvador tem momentos em que a gente se sente feliz em estar trabalhando e podendo ver de perto situações, encontros, duetos e tudo o que uma grande festa popular proporciona (até a violência, claro!).
E neste domingo (18/02) foi emocionante ver Zé Ramalho, um artista que esteve marginalizado durante muito tempo pela mídia, ser homenageado por Daniela Mercuri (que desfilou fazendo reverência a cultura regional do Nordeste) e ovacionado pelo público que estava na orla e no camarote de Daniela.
Zé cantou e o povo cantou junto. E não eram músicas de carnaval nem a discriminada "axé-music".
Ele cantou "Admirável Gado Novo" e "Chão de Giz". E os aplausos que se seguiram mostraram que o povo que vai ver e participar do carnaval, não discrimina nenhum tipo de música.
Será que somos nós (leia-se a mídia) que fazemos esse tipo de separação, segregação?

4 comentários:

Luciane disse...

Oi, Giácomo! Tu estás fazendo a cobertura do carnaval aí? Que luxo, hein?
O Zé Ramalho foi (é) discriminado pela mídia, mas é um cantor/compositor "cult" faz tempo. Seria muito legal se a mídia desse a ele o espaço que merece, porque é realmente um grande artista.
Abraço pra ti e bom trabalho ;)

Margarida V disse...

eu vi na televisão que festa, deve ser uma maravilha.

Marilyn disse...

Na verdade, não sei se a mídia pode ditar realmente o que o público vai ouvir ou não. A crítica é feita justamente para provocar a intenção do conhecimento: se o artigo diz que o artista X é ruim ou bom, vamos ouvir/ver/ler para saber se é mesmo.
Eu adoro Zé Ramalho, acho que ele deveria ter sim mais espaço na mídia, mas cada qual com seu cada um. Ele tem uma carreira linda que não precisa provar talento. Desde criança escuto o cara por influência do ambiente familiar que, thanks God, é modestamente bom! ;) Sou fã de Zé!
O carnaval tem essa mistura que é interessante. Pode-se até não gostar de *axé-music*, mas todo mix é válido. ;)
Beijo, Mancini!

Jeison Karnal disse...

Parabéns pelo teu blog,Giácomo. Parabéns por essa visão de mundo. Gostaria que conhecesse o KARNALBLOG, pois o lema dele é "Escritório de jornalista é a rua!", tudo a ver com essa profissão repórter que tu ainda mantem viva com talento e coragem... Abraços, Jeison Karnal