6.2.07

Leituras em Dia:Mario Vargas Llosa

Tudo bem.
Vargas Llosa é um excelente escritor. Pega a gente de jeito e é difícil largar qualquer livro escrito por ele. Llosa amarra as histórias bem direitinho, os diálogos são quase sempre bem colocados e os personagens quase sempre são bem consistentes.
Não é diferente em Travessuras de Uma Menina Má. Mas até agora eu continuo achando a "menina má", uma chata de galocha. Eu mesmo já teria pulado daquele barco na segunda viagem.
Até reconheço que são memórias e a gente leva sempre na mente um exercício de imaginação do que teria ocorrido se a primeira namorada (ou o primeiro namorado para as moças) permanecesse a vida inteira conosco. Mas, sinceramente, eu teria aproveitado aquelas andanças todas pela Europa e Japão para conhecer melhor todos os países, com suas culturas, gastronomia, arte, arquitetura e ... outras mulheres. A menina má, no fim das contas, foi uma corda. E o personagem pouco a pouco foi se enforcando com ela.
Não deixa de ser um bom livro, uma boa leitura.
Mas que a Menina Má é uma Mala, lá isso é.

Um comentário:

mariadapoesia disse...

Na mosca: o livro prende a gente e impede de largar no segundo capítulo, mas a menina é mala até não poder mais!
abraço, maria