5.3.06

Arroio São Lourenço

Está assim, poluído por uma espuma azulada. Um arroio que morre. Boa parte da minha adolescência passei em São Lourenço do Sul. Muitas vezes neveguei num pequeno veleiro com o Laurence pelo Arroio São Lourenço até chegar a Lagoa dos Patos. Muitas famílias inteiras passavam boa parte da noite pescando ou arrastando redes de camarão no encontrp das águas do arroio com a lagoa. O pôr do sol, o Encontro de Vela, esportes náuticos... O que ficou na memória, foram imagens fantásticas de um lugar que me viu crescer e que viu também tantos amigos se dispersarem. Agora recebo essa foto do arroio que sempre sofreu com a poluição de madeireiras de curtumes. Mas jamais pensei que estivesse nessa situação. Minha amiga Isabel Roveré me pede socorro. O que fazer?, pergunta ela. Mande fotografias para os jornais, para sites de notícias, para as ONGs que trabalham com o meio ambiente. Encontre peixes e outros animais mortos. É mais fácil sensibilizar as pessoas quando há morte! Organize passeata de estudantes! Convença os professores a levar as crianças para fechar o trânsito e ligue para as redações. Envolva a comunidade de uma maneira mais forte na defesa do arroio. Aí, em vez de o poder público explicar que em três dias o "mau cheiro passa", os reponsáveis vão ser obrigados a achar as fontes da poluição. Aí, em vez de o poder público se preocupar em reeleição, os futuros candidatos vão ser obrigados a estabelecer políticas de meio ambiente. Só lembrar do Arroio São Lourenço na época do Encontro da Vela, não adianta. Daqui, longe, o que posso eu fazer senão dar palpites? Era assim, no encontro do Arroio com a Lagoa:

10 comentários:

Santa disse...

Tudo parece tão íntimo... Saudades da minha terra!!

Bjs

Rose disse...

Giacomo,
Nossa queridíssima terra natal: Rio Grande do Sul não tem Polícia Florestal?
Aqui no Paraná temos e é muito eficiente combatendo crimes ecológicos.
A Agenda 21 do Estado RS, já está em faze de conclusão, será que a população não foi convidada a conhecer os indicadores socio-econômicos e o diagnóstico-participativo e não participa da discussão dos problemas e suas possíveis soluções.
Até gostaria de saber, se Agenda 21 DEVE envolver toda a sociedade, por que o Ministério do Meio Ambiente, não a divulga em larga escala na mídia?

objectiva3 disse...

A relação do homem com o meio ambiente não toma rumo...

:(

A natureza é destruída todos so dias e os nossos sucessores é que vão pagar a factura!

Divulgar situações como estas, é o que resta ao comum do mortal!!!

Santa disse...

Fiz um post para receber meus novos amigos. Você está lá. Beijos.

Anônimo disse...

embora portuguesa sinto o brasil na alma
e quando vejo fotos dessas doi mesmo aqui dentro

Margarida V disse...

voltei!! estive fora uns dias, vim só para desejar uma boa semana. :)

Cris Zimermann disse...

Gi,

Hoje o dia é das mulheres, mas o recado vai para os meninos. Não se esqueça de cumprimentar a sua mulher com um maravilhoso Feliz Dia da Mulher!!!

Passa no BOB ;)

AZIMUTH disse...

Belo post.
Seu blog está cada dia melhor, estou gostando muito.
Abraços,
N. Cotrim

Walter Carrilho disse...

Já sei...tem deputado nadando no rio. Só pode ser! Nada poluiria tanto!

Vinicius Factum disse...

"Levanta-te, vem para o meio", participe, comente! Leia a "Profecia Jornalística" e tire as suas conclusões. Veja também se quando o seu celular toca se é "Engano" ou ele está clonado. Espero que não!

Um abraço e uma boa quinta!

Vinicius S Factum